Ibope: Hábitos de consumo da elite latino-americana

altarendaO Ibope liberou recentemente um estudo muito interessante, The Elite Consumers, sobre os hábitos e comportamentos da elite latino-americana.  Para quem trabalha nessa área, indico a leitura.

Abaixo seguem alguns pontos relevantes do estudo:

  • Perfil desse consumidor de alta renda : Idade média de 38 anos, formação universitária ou superior, ocupante de posições de destaque no trabalho e influenciador das decisões de compra de amigos e familiares. 
  •  

  • Comportamento regional: De acordo com o levantamento, o Brasil é, por exemplo, o local onde mais se compra produtos locais, ou seja, a população tem características mais nacionalistas.
  •  

  • Formas de pagamento e programas de fidelidade: mais de 80% dos consumidores de alto padrão desta região possuem cartão de crédito, em média 2,5 unidades, e gastam com eles uma média mensal de US$ 850”, explica Juliana Sawaia, gerente de marketing do IBOPE Mídia Brasil. Programas de recompensa são importantes para esse grupo, sendo que 72% tem cartões de crédito associados a eles, completa.
  •  

  • Utilização de serviços bancários: 63% dos homens se utilizam do home banking, enquanto 56% das mulheres acessam o recurso. Ao mesmo tempo, 46% do público masculino realiza operações no caixa eletrônico entre 45% do feminino. O índice de operações realizadas via internet pelo celular (mobile banking) é de 6% para eles e 4% para elas. Apenas 6% dos homens e 9% das mulheres vão direto ao caixa do banco.
  •  

  • Crescimento do mercado de luxo: o mercado de luxo no Brasil cresce na mesma velocidade que o japonês e o chinês.
  •  

  • Potencial mercadológico: 73% da população de alto poder de compra realizaram cerca de três viagens de negócios num prazo de 12 meses. Ao mesmo tempo, 82% viajaram a passeio e realizaram duas viagens no mesmo período. O valor gasto, em média, nas últimas férias por pessoa foi de mais de US$ 1.847.
  •  

  • Internet: Os resultados mostraram ainda que a internet possui papel muito importante para a população de alta renda: 85% afirmam que confiam na rede como fonte de informações e 91% dos pesquisados, frequentemente, usam a internet para procurar referências sobre produtos antes de comprá-los. Para 82% dos brasileiros é conveniente consumir online, opinião diferente dos argentinos, colombianos e mexicanos, já que menos da metade deles concorda com essa percepção.
  •  

  • Mídia: Grande parte desses consumidores (81%) acredita que a revista é o meio mais adequado para os anúncios sobre viagens e 72% considera que a televisão a cabo é o meio mais adequado para fazer anúncios de cartão de crédito.
  •  

  • Qualidade: O consumidor pesquisado valoriza muito mais a qualidade que a média da população e cerca de 80% estão dispostos a pagar mais por produtos que identificam como de qualidade superior.
  •  

  • Compras futuras das mulheres: 76% das mulheres comprariam produtos para o cuidado com a pele, 50% optariam por um computador e 45% por roupas de grife. A média de gastos do universo feminino com cosméticos, nos últimos 12 meses, foi de cerca de R$ 733.
  •  

  • Compras futuras dos homens: telefone celular (57%), computadores (54%), perfumes (49%) e roupas de grife (41%) são os mais mencionados. Quando o tema é beleza, 50% dos homens adquiriram produtos para o cuidado com a pele para consumo próprio e 35% para dar de presente. O gasto médio anual masculino com presentes desta categoria é de R$ 616, enquanto o feminino é de R$ 300.

Esses são dados bem importantes para quem atua ou deseja entrar no mercado de luxo…  E a divulgação de informações, assim como a venda de produtos pela internet continua sendo uma opção importante para a estratégia das empresas.

Aproveite para conhecer a Online, empresa de soluções de comércio eletrônico que apóia o blog Plantão Online.

Fonte: Giro Ibope