E-commerce: desempenho 2009 e previsões para o primeiro semestre de 2010

webshoppersO relatório Webshoppers 21a edição com o balanço de 2009 e previsões para 2010, acaba de ser liberado pela e-bit. O comércio eletrônico vem tendo um crescimento significativo ao longo dos anos e você pode conferir a evolução do mesmo de 2001 até 2008, aqui.

E como foi o desempenho do comércio eletrônico em 2009?  Vejam os pontos mais interessantes do relatório:

  • Faturamento: O comércio eletrônico cresceu 30%, atingindo faturamento de R$ 10,6 bilhões e tíquete médio de R$ 335 em 2009.
  • Categorias: As categorias de produtos mais vendidas em 2009 foram: Livros e Assinaturas de Revistas e Jornais, Saúde, Beleza e Medicamentos, Eletrodomésticos, Informática e Eletrônicos.
  • E-consumidores: Em 2008, foram 13,2 milhões de consumidores virtuais que compraram pela rede e em 2009, esse número avançou para mais de 17,6 milhões de e-consumidores, um crescimento de 33% em apenas um ano. Entretanto, ainda há muito espaço para crescermos nesse sentido. Para se ter uma idéia, os 17,6 milhões representam apenas 26% dos internautas no Brasil (66,6 milhões em 2009, segundo Ibope Net Ratings)
  • Intenção de compra: Dentre os e-consumidores, 77% realizaram, pelo menos, uma compra nos últimos três meses. Destaque para Eletrônicos com 46% de menções de compra online e 28% offline. Intenção de compra de 43% nos próximos três meses.
  • Meio de pagamento: O cartão de crédito continua sendo o meio de pagamento preferido na aquisição das principais categorias do comércio eletrônico.
  • Datas comemorativas: Em 2009, as cinco datas sazonais (Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal) juntas significaram para o e-commerce brasileiro um faturamento de R$ 3,35 bilhões, representando 31% de todo faturamento do ano.datascomemorativas
  • Entregas: Em 2009, 79% das entregas foram feitas no prazo. Destaque negativo para a região Nordeste onde somente 73% das compras chegaram ao seu destino no prazo combinado e índice de atraso foi maior que todas as outras regiões, com 21%.

Previsões para 2010:

  • Faturamento: Para 2010, a expectativa se mantém nesse patamar e o faturamento deve chegar a R$ 13,6 bilhões. Se pensarmos apenas no primeiro semestre do ano, a expectativa é que o setor movimente R$ 6,1 bilhões. Esse valor deverá representar 45% de total de vendas pela web do ano todo.
  • Oportunidade: A Copa do Mundo deve ser o evento que irá alavancar ainda mais o faturamento no 1º semestre de 2010 com a venda de TV‟s de tela plana e Artigos Esportivos, acompanhando o crescimento de 145% nos pedidos já observado na comparação entre Outubro de 2009 e 2008 dessa última categoria.
  • E-consumidores: Além disso, devemos fechar o ano com cerca de 23 milhões de consumidores virtuais. Vale lembrar que esse número ainda é pequeno, principalmente se levarmos em conta que representa aproximadamente 35% do total de usuários que tem acesso à internet no Brasil, o que mostra o grande potencial para ainda mais crescimento do setor. De acordo com dados divulgados pelo Ibope Nielsen Online, em 2009, o número de internautas no Brasil era de 66,6 milhões.

Para acessar o relatório completo, basta se cadastrar no site Webshoppers.com.br

Preparado para entrar no comércio eletrônico? Quer uma solução mais moderna para o seu negócio? Aproveite para conhecer a Online, empresa de soluções para comércio eletrônico que apóia o blog Plantão Online.