Qual o futuro do email marketing?

Acabei de ler dois artigos interessantes ( E-mail Marketing’s Future in a Twitter World e E-mail Marketing Lessons From Two Retailers) sobre estratégias e exemplos de email marketing.

Você acha que o email marketing vai acabar com o fortalecimento das redes sociais?  Ou será que existe espaço para todos? 

Veja abaixo, como as redes sociais podem afetar o email marketing, segundo especialistas que estiveram no Email Evolution Conference:

1) E-mail será bem integrado com as redes sociais

O email pode complementar a divulgação nas redes sociais em ações promocionais ou de indicação de amigos com o objetivo de atrair novos consumidores. Confira o exemplo abaixo:

Uma cadeia de restaurantes chamada “Souplantation and Sweet Tomatoes”, possui uma média de 40.000 novos assinantes de newsletter por mês graças a suas ações de email marketing e redes sociais. Em janeiro, eles realizaram uma campanha de incentivando que as pessoas convidassem seus amigos para assinar a newsletter. Dos 70.000 cadastrados, 17.000 clientes vieram através desta ação de incentivo

2) O que importa são as pessoas e não as listas

As newsletters precisam ser mais personalizadas se querem competir com as redes sociais.  Precisam atingir o cliente individualmente assim como as mensagens nas redes e devem contribuir com dados para a criação de um perfil mais completo.

A grande vantagem do email marketing, é que você pode saber com quem está falando, o que comprou, no que clicou. Quando se trata do Twitter, por exemplo, você só sabe que está falando com @fulano, quantos “tweets” ele deu e talvez algum aspecto geográfico.

3) Novas métricas também importam

Além de avaliar as métricas usuais de email marketing como CTR, taxa de abertura, melhores datas e horários de envios, é necessário avaliar também como está sendo construída a relação com este cliente.  Ele não pode simplesmente ser mais um número.  Vale a pena reavaliar sua lista.  De nada adianta, uma lista com milhares de nomes de clientes sendo que muitos deles não se relacionam com você.  É melhor reduzí-la e tratá-la com mais cuidado.

O importante é coordenar as redes sociais com o email marketing de modo a se comunicar e relacionar com os clientes de forma mais eficiente e ajudar na construção de perfis mais completos.

zapposPara finalizar, gostaria de mencionar um email interessante da Zappos, enviado no final do ano, quando é comum que os varejistas entupam nossas caixas postais com milhares emails diários de ofertas que acabam nos irritando.  A Zappos teve uma atitude bem transparente, enviando um email para seus clientes informando que durante determinado período, seriam enviados emails em tais dias com sugestões de presentes de Natal.  A empresa demonstrou que se importa com o cliente e que deseja alinhar suas ações com as expectativas deles.

Caso tenha interesse em ler mais artigos sobre email marketing, clique aqui.